MENOPAUSA sintomas, tratamentos e tudo mais o que você precisa saber!

O corpo humano está sempre se transformando. Para as mulheres, assim como a menstruação marca o início da puberdade, a última menstruação indica o início de um novo período, conhecido como menopausa.

A menopausa traz uma diminuição natural na produção dos hormônios reprodutivos, acontecendo normalmente entre os 45 a 55 anos de idade.

Isso não se trata de uma doença, mas sim de um processo natural do organismo. A principal maneira de identificar a menopausa é a ausência de fluxo menstrual por um período de 12 meses.

No entanto, algumas mulheres podem sofrer com a sintomatologia do período. Existem algumas formas de aliviar os incômodos trazidos pelos sintomas da menopausa, trazendo mais qualidade de vida, segurança e autoestima.

Clique e Assista ao Vídeo!

Tratamento para Menopausa?

reposição hormonal e laser de co2

Sintomas da menopausa

Os sintomas mais comuns da menopausa incluem as ondas de calor e o ressecamento vaginal. Eles costumam trazer um grande desconforto, podendo provocar também distúrbios de sono e, em casos mais graves, o desenvolvimento de ansiedade ou depressão.

Veja abaixo outras manifestações que fazem parte desse período:

  • Cansaço;
  • Alterações de humor;
  • Cefaleia (dor de cabeça);
  • Aumento do peso;
  • Desaceleração do metabolismo e
  • Propensão a infecções urinárias.

Quanto tempo duram os sintomas da menopausa

Cada mulher poderá vivenciar experiências diferentes durante a menopausa. Da intensidade à frequência com que os sintomas aparecem, essas questões estão ligadas ao estilo de vida, alimentação e genética de cada pessoa.

Normalmente esses sinais podem persistir até os 55 anos ou mais, de acordo com o último fluxo menstrual.

Entenda o que é o CLIMATÉRIO

As mudanças no corpo costumam ser gradativas. Antes da menopausa, a mulher vive um período conhecido como “climatério”, que marca a transição de sua fase reprodutiva para sua fase não reprodutiva.

O climatério também possui um conjunto de sintomas que permite aos especialistas da saúde identificar a chegada da menopausa e indicar os melhores tratamentos para eliminar ou amenizar possíveis desconfortos.

Durante o climatério acontecem oscilações hormonais e variações no ciclo menstrual. Por isso, é essencial manter um acompanhamento com profissionais da saúde durante toda a vida.

Problemas da menopausa: o que ela pode causar no organismo

Com a queda da produção dos hormônios reprodutivos é comum que aconteçam alterações fisiológicas.

Neurogênica
Fogachos e ondas de calor, calafrios, sudorese, taquicardia, cefaleia, tonturas;

Psíquica
Ansiedade, intensificação de depressão, irritabilidade;

Sexuais
Diminuição da libido sexual, ressecamento vaginal e diminuição de lubrificação; sangramentos por ressecamento intenso; dor ou desconforto durante as relações sexuais;

Urogenital
Prurido em vulva; urgência miccional, incontinência urinária aos esforços; dor ao urinar; aumento do risco de infecções urinárias;

Sistêmica
Osteoporose, piora do perfil de colesterol, placas de Ateroma e maior risco cardiovascular;

Cutânea
Alteração de pele, como afinamento, dermatites e mudanças na pilificação.

Os impactos da menopausa na vida das mulheres

As alterações no organismo decorrentes da menopausa podem impactar no dia a dia das mulheres de acordo com a intensidade ou frequência das manifestações do período.

Pesquisas apontam que entre 60% a 80% das mulheres entre o climatério e menopausa apresentarão algum grau de fogachos, insônia e distúrbios do humor, o que podem interferir diretamente na rotina.

Já os sintomas urinários e sexuais podem afetar de 20% a 45% das mulheres, até mesmo após a menopausa. A incontinência urinária ou a dor na penetração, por exemplo, podem trazer diversos prejuízos para a auto-estima, autonomia, qualidade de vida e para os relacionamentos interpessoais.

Analisar o impacto dos sintomas e a perda da qualidade de vida é fundamental para que um especialista indique os melhores tratamentos e evite futuros problemas. 

O que fazer para aliviar os sintomas da menopausa?

Existem diversos tratamentos para os incômodos trazidos pela menopausa. De soluções caseiras a intervenções cirúrgicas, é essencial que um médico especializado em saúde da mulher avalie cada caso para poder indicar os melhores procedimentos.

Afinal, agir por conta própria pode causar um agravamento do caso ou mascarar algum problema mais grave, colocando em risco a saúde da mulher.

Em casos mais leves, uma mudança nos hábitos, como uma alimentação mais regrada e a prática de atividades físicas pode ser o suficiente para eliminar os incômodos e trazer de volta a qualidade de vida.

Para as situações em que a intensidade ou frequência dos sintomas afetam de maneira significativa a vida da mulher, um médico deverá avaliar as melhores alternativas como Tratamento de Reposição Hormonal Bioidêntico (erroneamente conhecido como “chip da beleza“) ou mesmo tratamentos como Laser de CO² íntimo.

Síndrome Urogenital da Menopausa

A Síndrome Geniturinária da Menopausa (SGM) é o nome dado as múltiplas mudanças causadas pela diminuição do estrogênio e outros esteroides sexuais durante o transição da menopausa e pós-menopausa.

Causando alterações nos lábios internos e externos, clitóris, vagina, tecidos do assoalho pélvico, bexiga e uretra, e as sequelas sexuais de perda da função sexual e libido.

As queixas mais frequentes são: atrofia vaginal, coceira, secura, desconforto e dor durante o sexo e urgência e desconforto ao urinar.

Esse declínio de estrogênio e envelhecimento afeta muitas mulheres, e tendem piorar com o tempo.

Síndrome Geniturinária da Menopausa
Até 80% das mulheres
nessa fase vivenciam
algum sintoma da
síndrome na Menopausa

Tratamento Reposição hormonal para menopausa

A terapia hormonal é uma das possibilidades de intervenção para mulheres que sofrem com os sintomas da menopausa.

A reposição hormonal do climatério é indicada atualmente para os casos de sintomatologia climatérica aguda. Ou seja, consiste na administração de estrogênios, por meio de pílulas, gel, implantes ou adesivos, sendo associado ou não à progesterona, de acordo com cada mulher.

Para mulheres com sintomas moderados e severos, a terapêutica hormonal é indicada por ser o tratamento mais efetivo, principalmente para aliviar os sintomas vasomotores, que costumam afetar muito a qualidade de vida.

Estudos mostram que as mulheres que têm maior benefício com a reposição hormonal são aquelas com idade entre 50 e 59 anos ou com menos de dez anos de pós-menopausa.

A reposição hormonal deve ser individualizada de acordo com os benefícios em qualidade de vida, assim como fatores de risco (idade, tempo de pós-menopausa, risco de trombose e embolia, doença cardiovascular e câncer de mama).

Agende sua consulta para saber mais, tirar suas dúvidas e descobrir os melhores procedimentos para diminuir os sintomas da menopausa e ter mais saúde e bem-estar.

Tratamento Menopausa com LASER de CO²

Com o avanço da tecnologia, hoje podemos oferecer um tratamento conhecido como Laser de CO² fracionado. Esse tratamento provoca micro lesões na derme vulvar e mucosa vaginal, estimulando a produção de novas fibras de colágeno e a REGENERAÇÃO e REJUVENESCIMENTO do local,
promovendo mais hidratação, tônus e vascularização da mucosa vaginal e assoalho pélvico.

É ideal e seguro para quem busca por um tratamento menos invasivo, não-hormonal e mais permanente.

Portanto, o tratamento “rejuvenesce” a região, reparando as características funcionais da genitália, beneficiando sua vida sexual e afetiva, além de melhorar seu bem estar físico e mental.

Ficou interessada?

Quanto custa uma sessão de Laser CO2?

O valor do laser íntimo médio pode variar de acordo com a clínica médica.
O tratamento na região vaginal tem o preço por sessão entre R$1.650 a R$2.500 aproximadamente.
É bastante comum existirem pacotes de sessões com consulta, onde os valores podem ser melhorados.

Quanto tempo dura o efeito do laser CO2 vaginal?

Depende do organismo de cada mulher e grau da queixa, mas em geral entre 6 meses e 1 ano.
Quando reavaliado e indicado pela ginecologistas é recomendado uma nova sessão de manutenção.

Quantas sessões de laser vaginal são necessárias?

Normalmente o tratamento é composto por três sessões e intervalo mínimo de 30 dias entre as aplicações.
O número de sessões pode variar de acordo com os objetivos da paciente e prévia avaliação da ginecologista especializada. Cada sessão é utilizado anestésico tópico local e realizada na própria clínica pela médica ginecologista.

Para que serve o laser CO2 íntimo?

Tratamento Regenerativo, Funcional e Estético. É minimamente invasivo, feito pelo Laser de CO2 fracionado para estimular a produção do colágeno e Rejuvenescer a região vaginal.
O Laser íntimo é uma excelente possibilidade para aquelas que não podem fazer reposição hormonal.
Portanto, serve para reparar as características da genitália, melhorando os aspectos globais de vida do dia a dia da mulher.

rejuvenescimento vaginal laser co2

Especialistas em Menopausa

Ginecologista

Uroginecologista

Endocrinologista

Clínica Menopausa em São Paulo

Buscando uma clínica especializada para tratar os sintomas e queixas da menopausa?
Médica especializada em saúde da mulher, laser e reposição hormonal.

A clínica fica bem localizada e próxima aos bairros: Brooklin – Chácara Flora – Chácara Santo Antonio – Campo Belo –  Cidade Monções – Granja Julieta – Indianópolis – Moema – Morumbi – Vila Nova Conceição – Santo Amaro – Vila Olímpia – Real Parque entre outros na Zona Sul de São Paulo.

Clínica fica localizada na Av. Vereador José Diniz – continuação da Av. Ibirapuera sentido bairro.

Distância :
– 3 min do Shopping Ibirapuera – 8 min do Shopping Morumbi
– 10 min do Shopping Vila Olímpia
– 7 min do Aeroporto de Congonhas

Peça um orçamento enviando um email para: contato@drafernandatorras.com.br

Valor para Terapia de Reposição Hormonal na Menopausa e Laser de CO2

O preço da consulta, tratamento e procedimento pode variar de acordo com cada clínica e médico. Entre em contato previamente para saber mais informações.